‘Não existe trabalhador querendo trabalhar’, diz secretário (muito ruim) sobre greve

Publicado: 3 de fevereiro de 2014 em Uncategorized
Tags:, ,
Airton Michels concedeu entrevista ao Jornal do Almoço nesta segunda (3).
Segundo ele, consequências não são problemas de Segurança Pública

Do G1 RS do vídeo Airton Michels

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2014/02/nao-existe-trabalhador-querendo-trabalhar-diz-secretario-sobre-greve.html

 O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Airton Michels, falou nesta segunda-feira (3) sobre o que está sendo feito pelas autoridades para encerrar a greve dos rodoviários de Porto Alegre. Em entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV(veja o vídeo ao lado), Michels admitiu os transtornos causados à população, mas argumentou que “não existe trabalhador querendo trabalhar”, se referindo a motoristas e cobradores parados desde a semana passada.

Esses piquetes são simbólicos. Não existe trabalhador querendo trabalhar. Em todas as garagens, não existe. O que existe são os piquetes. Eventualmente podemos identificar alguns, mas seria meia dúzia que não resolveria nem de longe o problema”, argumentou o secretário.

Michels disse que a greve dos rodoviários e suas consequências não são situações de Segurança Pública. “Não estamos tendo um problema de Segurança Pública. Temos ocorrências, pichações. Estamos tratando da falta de transporte a partir de uma greve da categoria. Estamos num antro de relações trabalhistas que estão sendo intermediadas”, salientou. “Nossas ações estão enquadradas dentro da política de estado democrático de direito”, completou o secretário.

A greve dos rodoviários completa oito dias nesta segunda-feira (3) em Porto Alegre. Nenhum ônibus saiu das garagens das empresas da capital e a paralisação segue sem data para acabar. Uma nova reunião de mediação foi marcada para as 14h na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 4ª Região. As outras duas tentativas terminaram sem acordo.

comentários
  1. Otávio disse:

    RESUMINDO…
    O MUNDO EM QUE VIVEM OS MEMBROS DO PARTIDO DA “ESTRELA MALDITA”, COM CERTEZA, É OUTRO.
    A SOCIEDADE, NA OPORTUNIDADE DEVIDA, SABERÁ COLOCÁ-LOS NO RUMO.
    FALTA POUCO TEMPO.
    É A OPINIÃO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s