Nelsinho preside audiência pública que tratou sobre reivindicações dos técnicos superiores da Susepe

Publicado: 30 de maio de 2014 em Uncategorized
Tags:, , , , , ,
De Dilson Pinheiro-AL

No dia 29, a Comissão de Segurança e Serviços Públicos (CSSP) da Assembleia Legislativa, por intermédio do presidente da comissão, deputado Nelsinho Metalúrgico, realizou audiência pública por solicitação da Associação dos Profissionais Penitenciários de Nível Superior do Rio Grande do Sul, a Apropens-RS, para tratar de reivindicações da categoria.

A Apropens-RS, que representa os técnicos superior penitenciários, reúne os profissionais das áreas de direito, serviço social, psicologia, enfermagem, odontologia, nutrição e farmácia propôs a abertura de conversações com a CSSP para tratar da readequação da carga horária dos servidores que fazem parte do quadro da Superintendência de Serviços Penitenciários, a Susepe.

Representando a categoria, o presidente da Apropens-RS, Altemir Felipe dos Santos, destacou na audiência pública os fatores que embasam o pedido de redução da carga horária pelos servidores.

A insalubridade, presente no sistema penitenciário ocasiona altos índices de afastamento do trabalho por doença física e psicológica, causando prejuízos significativos à personalidade do trabalhador, disse Altamir, afirmando também a necessidade de formação continuada permanente para os técnicos.

As estratégias adequadas para os servidores foi pautada pelo chefe de gabinete da Susepe, Jairton Santos dos Santos.

Os avanços dependem de uma série de ações e o estado está aberto a dialogar, disse Jairton. Acolhendo a reivindicação dos trabalhadores, será criado um fórum de discussões para o debate específico com a categoria.

Para o presidente da CSSP, que lembrou do acompanhamento que realizou na semana ao Complexo Prisional de Canoas, destacando o novo modelo prisional a ser adotado e o método APAC, em que os recuperandos são os próprios fiscalizadores do andamento e do cumprimento da pena. Na audiência, Nelsinho ainda reforçou o apoio aos servidores, apontando o conhecimento pelo efeito de condições insalubres na vida das pessoas durante a luta no movimento sindical metalúrgico.

A CSSP é parceira no debate e na discussão por melhores condições de trabalho aos técnicos superiores penitenciários, concluiu Nelsinho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s