Esse Airton Michels, ex-secretário da SSP, era muito ruim

Publicado: 1 de fevereiro de 2015 em Uncategorized
Tags:, ,
PAULO SANTANA
AGENTE DUPLO 

Inicialmente, não acreditei, por isso dou aos leitores o direito de não acreditar neste fato fenomenal: o chefe da segurança pessoal do então secretário da Segurança Pública do RS, Airton Michels, foi ao mesmo tempo integrante graduado da quadrilha do traficante de drogas Xandi.

Creiam, mas isso aconteceu e ainda está se desdobrando entre nós.

A Justiça de Tramandaí já decretou a prisão desse agente duplo, o comissário de polícia Nilson Aneli.

Por natureza, o cargo de secretário da Segurança Pública tem de ter todas as informações sobre sua área. Pois o secretário da Segurança Pública Airton Michels não sabia que o comissário Nilson Aneli era também integrante de uma quadilha de traficantes e nomeou-o seu chefe da segurança pessoal.

Dá para acreditar? Mas o fato está se desdobrando há mais de uma semana na Justiça e no noticiário policial, por isso nos é oferecido assim de bandeja para abordá-lo.

Inicialmente, o então secretário da Segurança Pública, Airton Michels, teve a reação que todos tivemos: não acreditou. Mas logo em seguida ficou sabendo dos detalhes desmoronantes do caso e teve de admiti-lo. Foi enganado, ludibriado, logrado pelo chefe da sua segurança pessoal.

E o caso está aí nos jornais para quem quiser vê-lo e nele acreditar.

O arrepiante é que supunha-se que a Segurança Pública tivesse amplo domínio sobre seu setor. Pois não tinha, como se vê. E quem tinha amplo domínio de conhecimento sobre a pasta da Segurança Pública era justamente o agente duplo, o comissário Nilson Aneli, que servia ao secretário da Segurança Pública durante o dia e à noite servia ao tráfico, cheio e precioso de informações certamente.

É o mais impressionante caso de uma agência dupla que se instalou entre nós nas cercanias do poder, nas barbas do poder.

Estivesse ainda no cargo o ex-secretário Airton Michels quando estourou o escândalo, teria caído. Não por responsabilidade direta sobre a agência pública. Mas por ter sido marido traído.

Que caso! Fantástico, incrível, extraordinário!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s